top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

ELEIÇÕES 2024: ZÉ FILHO E PATRÍCIA LARGAM NA FRENTE NA CORRIDA ELEITORAL EM RURÓPOLIS.

Equipe da DOXA esteve em Rurópolis no período de 03 a 05 de abril/2023, ouvindo a opinião dos eleitores sobre o trabalho que o prefeito Taká vem desenvolvendo no município; e sobre a corrida eleitoral, visando às eleições de 2024. Foram entrevistados 400 eleitores nas zonas urbana e rural. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos dos resultados obtidos na pesquisa.

A pesquisa mostra uma desaprovação de 42% do governo Taká. A sua aprovação é de 53%. No campo eleitoral, Zé Filho aparece na frente com 36,7%. Em segundo lugar vem Patrícia Capichiolli, somando 19,8%.


AVALIAÇÃO CONCEITUAL GOVERNO TAKÁ

Doxa perguntou “qual a avaliação que você faz do governo do prefeito Taká?”. O resultado mostra uma avaliação positiva de 34,9% (somatória de Bom e Excelente). Já a avaliação negativa chega a 20,8% (somatória de Péssimo e Ruim). A avaliação regular ficou em 41,7%.

APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO TAKÁ

Quando se trata de saber se o eleitor aprova ou desaprova a forma de Taká governar, DOXA mostra que 53% dos eleitores de Rurópolis estão aprovando a maneira do prefeito governar; enquanto 42% estão desaprovando o governo de Taká. E 5% não avaliaram.

ELEITORAL: NA QUESTÃO ESPONTÂNEA O JOGO ESTÁ ABERTO EM RURÓPOLIS

A pesquisa avaliou vários nomes de políticos que ensaiam serem candidatos a prefeito de RURÓPOLIS. Primeiramente, na questão espontânea, em que não se mostra os nomes de pré-candidatos, a pesquisa mostra que é muito grande, ainda, o número de eleitores flutuantes, isto é, que não sabem em quem votar ou que pretendem anular o voto. Esses eleitores flutuantes chegam a somar 70,4%. Zé Filho aparece em primeiro lugar com 20,8%; Patrícia Cavichiolli vem com 4,5%; Anderson do Posto está com 1,7%; Canela vem com 1,1%; Marcelo, 0,8% e Taká (que não pode mais concorrer) aparece com 0,6%.


ESPONTÂNEA

ESTIMULADA:

Quando se estimula os possíveis nomes a prefeito de RURÓPOLIS, Zé Filho vai para 36,7%. A segunda colocada é Patrícia Cavichiolli que aparece com 19,8%; Anderson do Posto vem com 11,0%. Canela é o último colocado com apenas 3,4%. Mesmo estimulando os possíveis nomes, o índice de eleitores flutuantes ainda permanece alto: 29,1%.

EM QUEM NÃO VOTARIA PARA PREFEITO DE RURÓPOLIS

Quando se trata de rejeição, Canela é o mais rejeitado, aparecendo com 28,7% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum. Anderson do Posto e Zé Filho aparecem empatados em rejeição, 12,0%. Patrícia é a menos rejeitada, vindo com 6,4% de citações.

 
LOGO MAIS TEREMOS MAIS UMA MATÉRIA SOBRE PESQUISA REALIZADA EM TUCURUÍ
408 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page