top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

NA CORRIDA ELEITORAL EM BELÉM ZECA PIRÃO PERMANECE EM PRIMEIRO LUGAR. DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO SOBE

Doxa mostra sua sexta pesquisa sobre a corrida eleitoral em Belém, faltando um pouco mais de um ano para as eleições. Nessa sexta fotografia, os sinais climáticos sobre Edmilson rumo à COP 30 continuam muito nublados, fazendo com que essa nova fotografia do cenário sucessório pareça muito embaçada. A avaliação negativa de seu governo continua alta. Como consequência sua intenção de voto cai, passando para terceiro lugar. Mas, quem usufrui das inúmeras obras que estão sendo realizadas em Belém? Essa pesquisa pode dar algum indicativo. Além da avaliação de Edmilson, essa pesquisa avalia o desempenho do governador Helder Barbalho e do presidente Lula. Também nessa pesquisa testamos um cenário sem Edmilson. Incluímos, também, a questão sobre expectativa de vitória, isto é, quem o eleitor acredita que vai ganhar essa eleição. Ao final procura identificar dentre os nomes testados na pesquisa, qual o mais rejeitado pela população belenense.

A pesquisa foi realizada no período de 6 a 9 de Setembro de 2023 em todos os Distritos Administrativos de Belém com uma amostra de 600 entrevistas.

AVALIAÇÃO CONCEITUAL GOVERNO EDMILSON

Doxa perguntou “qual a avaliação que você faz do governo do prefeito Edmilson Rodrigues?”. O resultado mostra uma avaliação positiva de 10,8% (somatória de Bom e Excelente). Já a avaliação negativa chega a 64,8% (somatória de Péssimo e Ruim). A avaliação regular ficou em 22,2%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO EDMILSON

Quando se trata de saber se o eleitor aprova ou desaprova a forma de Edmilson Governar, Doxa mostra a série histórica das cinco pesquisas. Em janeiro o governo de Edmilson tinha uma aprovação de 19%; já em março essa aprovação foi para 27%; em maio caiu para 23%, em junho manteve-se no mesmo patamar de maio; agora em agosto, a aprovação cai para 22,1%; agora nesta sexta pesquisa a aprovação cai mais ainda, chegando a 16,0%.


Quanto à desaprovação, em janeiro na primeira pesquisa, 77% dos belenenses desaprovavam o governo de Edmilson; em março caiu para 69%. Já em maio subiu para 72%. Na quarta pesquisa, a sua desaprovação foi para 70%. Agora em agosto a desaprovação de Edmilson chega a 73,0%; nesta sexta rodada, a desaprovação vai para o patamar de 79,8%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DOS GOVERNOS HELDER E LULA

Doxa também avaliou a aprovação ou desaprovação dos governos Helder e Lula. 84,4% dos belenenses estão aprovando o governo de Helder; enquanto 12,1% desaprovam. Já o governo de Lula está sendo aprovado por 72,0% dos eleitores de Belém. A sua desaprovação é de 23,9%.


ESPONTÂNEA: JOGO ABERTO NA MENTE DO ELEITOR BELENENSE

A pesquisa avaliou vários nomes de políticos que ensaiam serem candidatos a prefeito de Belém. Nessa rodada, Doxa testou 13 atores políticos que se movimentam rumo às eleições de 2024. Na questão espontânea, a pesquisa mostra que é muito grande, ainda, número de eleitores flutuantes, isto é, que não sabem em quem votar ou que pretendem anular o voto. Esses eleitores flutuantes chegam a somar 90,8%. Os nomes que se destacam são: Zeca Pirão, 2,8%; Eguchi,2,7% e Edmilson Rodrigues, 2,3% rodrigues, 1,2%.


ESTIMULADA: ZECA PIRÃO É O PRIMEIRO COLOCADO NA ESTIMULADA

Quando se estimula os possíveis nomes a prefeito de Belém, ainda tem 40,3% de votos flutuantes. Em primeiro lugar vem o deputado Zeca Pirão com 14,2%; em segundo lugar aparece o delegado Eguchi 10,7. Em terceiro lugar vem o atual prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues com 8,5%. O deputado Federal Eder Mauro aparece com 6,8%. Depois vem Cássio Andrade, com 4,9%. O deputado federal Priante vem com 3,7%. Úrsula Vidal aparece com 3,1%. Bob Fly, 2,7%; Igor Normando, 1,4%; Beto Faro e Thiago Araújo, ambos estão com 1,2¨% das intenções de voto. O deputado estadual Adriano Coelho vem com 1,1% e o também deputado estadual Gustavo Seffer aparece com apenas 0,2%.


CENÁRIO 1


COMPARATIVO – SÉRIE HISTÓRICA

Apresentamos, agora, uma série histórica dos 3 principais competidores da corrida eleitoral para 2024.




EM QUEM NÃO VOTARIA PARA PREFEITO DE BELÉM

Quando se trata de rejeição, o atual prefeito, Edmilson Rodrigues, é o mais rejeitado, aparecendo com 62,4% de rejeição. Na pesquisa anterior ele acumulava 46,9% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum. Eguchi é o segundo mais rejeitado, aparecendo com 6,9%; depois vem Eder Mauro com 5,0%. Zeca Pirão é rejeitado por 2,7% dos eleitores de Belém; Priante tem 1,6% de pessoas que o rejeitam; Bob Fly, 1,4%. Os demais competidores tem rejeição abaixo de 1%.


CENÁRIO 2

Doxa testou um cenário com apenas 7 nomes, incluindo ai o nome da deputada federal Alessandra Haber. O resultado mostra Zeca Pirão à frente com 14,2%, seguido por Eguchi, 12,6%. Depois vem a deputado Alessandra Haber, 8,3% e Priante com 8,2%. Edmilson Rodrigues aparece nesse cenário com 7,8%. Eder Mauro vem com 6,2% e Igor Normando alcança 3,5%.



CENÁRIO 3

Neste terceiro cenário, Doxa testou sem Edmilson Rodrigues. Os números mostram crescimento de Zeca Pirão que passa para 17,2%. Eguchi e Eder Mauro não ganham votos de Edmilson. Os que dão uma crescida são Beto Faro, Úrsula, Bob Fly, Thiago Araújo.


EXPECTATIVA DE VITÓRIA

Nessa questão testamos a expectativa de vitória, isto é, Doxa perguntou “independente em que votou, quem você acha que vai ganhar essa eleição em Belém?”. 16,2% afirmam que será o deputado estadual Zeca Pirão; outros 10,7% acham que vai ser o delegado Eguchi. 8,0% dizem que vai ser Edmilson; outros 5,7% que vai ser Cássio Andrade. 4,1% consideram que vai ser Eder Mauro; 3,7% dizem que vai ser Priante; 2,8% que vai ser Úrsula Vidal. 2,7% dizem que vai ser Bob Flay. Igor Normando é acreditado por apenas 1,2%. Existem 42,2% que não sabem quem vai ganhar.


ANÁLISE

Nesta sexta rodada de pesquisa realizada pela Doxa, em Belém, mostra um cenário de subida da avaliação negativa de Edmilson Rodrigues e estabilidade nas avaliações de Helder e Lula. Quando se trata da questão eleitoral, a pesquisa identifica, ainda, um índice muito alto de pessoas que não sabem em quem votar, expressada essa situação, na questão espontânea. Quando mostramos os principais competidores (testamos 13), o número de indecisos ainda aparece alto, No entanto, essa pesquisa mostra uma estabilidade dos três principais competidores: Zeca Pirão (MDB), Eguchi (PTB) e Edmilson Rodrigues (PSOL). Nesta rodada, Doxa testou alguns cenários: um dos cenários foi com a deputada federal Alessandra Haber, mostrando Zeca em primeiro, depois Eguchi. Alessandra e Priante aparecem empatados tecnicamente. Outro cenário foi sem a presença de Edmilson Rodrigues. Aqui o potencial de Zeca Pirão cresce; além de Zeca, os votos de Edmilson migram mais pra Úrsula, Beto Faro, Bob Fly, Cássio e Priante. Eder Mauro e Eguchi não recebem nenhum voto de Edmilson. Como se percebe, ao longo dessas seis pesquisas realizadas em Belém, há uma disputa desenhada entre o MDB (Zeca Pirão), PTB (Eguchi) e PSOL (Edmilson). Depois de mais de 30 anos fora do poder em Belém, o MDB está na disputa. Muita água pra rolar debaixo dessa ponte até outubro de 2024.

DORNÉLIO SILVA – Cientista Político da Doxa Pesquisa



1.395 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page