top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

NA TERCEIRA PESQUISA DOXA EDER MAURO LIDERA. EDMILSON, IGOR E THIAGO EMBOLADOS.

Na terceira pesquisa oficial registrada no T.R.E no município de Belém, mostra a liderança do deputado federal Eder Mauro que alcança mais de 19% das intenções de voto. Atrás há empate técnico entre Edmilson Rodrigues, Igor Normando e Thiago Araújo. Eguchi vem em seguida acompanhado de Jeferson Lima. Na questão espontânea, a pesquisa detectou, ainda, muitos eleitores que não sabem em quem votar, mostrando um cenário aberto no jogo eleitoral na capital paraense.


Pesquisa DOXA está registrada no T.R.E sob o nº PA-04796/2024. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento eleitoral. A margem de erro estimada é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Doxa realizou a pesquisa entre os dias 08 e 11 de abril de 2024 com uma amostra de 1.000 entrevistas.


ESPONTÂNEA: JOGO BASTANTE ABERTO

Na questão espontânea em que não se apresentam os nomes dos pré-candidatos a prefeito, o índice de votos flutuantes alcança o patamar de 79,0%. Os mais citados foram:

Eder Mauro, 5,4%; Edmilson Rodrigues, 4,2%; Igor Normando, 3,2%; Thiago Araújo, 2,8%; Eguchi, 2,3%; Jeferson Lima, 1,2% e Italo Abati, 0,5%.


ESTIMULADA: EM PRIMEIRO EDER MAURO. EDMILSON, IGOR E THIAGO EMPATADOS TECNICAMENTE.


Quando se estimula os nomes dos pré-candidatos, o percentual de votos flutuantes cai para 29,7%. Desponta em primeiro lugar o deputado federal Eder Mauro com 19,3%. O atual prefeito, Edmilson Rodrigues, aparece com 12,6%; Igor Normando vem com 11,1%; Thiago Araújo se destaca com 10,9%. Significa que os três pré-candidatos ficam empatados tecnicamente, dentro da margem de erro da pesquisa. O delegado Eguchi vem com 8,7%; depois aparece o radialista Jeferson Lima com 6,5% das intenções de voto. Capitão Nassar vem com 0,5% empatado com Italo Abati, que atingiu, também, 0,5% das intenções de voto. Marcos Sousa ficou com 0,2%.



COMPARATIVO PESQUISAS DOXA 2024

Doxa fez um comparativo para saber a evolução dos principais pré-candidatos a prefeito de Belém. O líder na pesquisa, Eder Mauro, em janeiro tinha 13,7%; em fevereiro subiu para 14,8%; agora atinge o patamar de 19,3%. Edmilson Rodrigues, em janeiro tinha 7,5%; fevereiro foi para 10,0%; e agora, abril, chega a 12,6%. Eguchi, em janeiro ficou com 6,5%; em fevereiro e abril ficou com o mesmo índice, 8,7%. Igor Normando, em janeiro tinha 5,8%; em fevereiro caiu para 4,4%; e agora na pesquisa de abril atinge o patamar de 11,1%. Thiago Araújo tinha 4,1% em janeiro; em fevereiro subiu para 7,9%; e agora em abril vai para 10,9%. Italo Abati tinha 2,4% em janeiro depois vem caindo, chegando agora a um percentual de 0,5%. Capitão Nassar obteve 0,5% nas duas pesquisas em que seu nome foi testado. Jeferson Lima teve seu nome testado somente nesta última pesquisa, atingindo 6,5% de intenção de voto.



REJEIÇÃO DE PRÉ-CANDIDATOS

Em se tratando de rejeição eleitoral, o atual prefeito, Edmilson Rodrigues, aparece com 60,1% de eleitores que não votariam mais nele. O deputado federal Eder Mauro aparece com rejeição de 12,4%. Eguchi ficou com uma rejeição de 2,9%. Depois vem Jeferson Lima com 0,8%; Igor Normando, 0,6%; Thiago Araújo, 0,4% e Capitão Nassar, 0,2%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO EDMILSON

Na série histórica da aprovação/desaprovação de Edmilson Rodrigues, identificamos nas três pesquisas uma leve queda na desaprovação: em janeiro era de 84,5%; fevereiro caiu para 82,3%; e agora, abril, atingiu 81,1%. A aprovação era de 11,3% em janeiro; fevereiro foi para 14,2%; agora, abril, ficou em 14,4%.


APROVAÇÃO E DESAPROVAÇÃO DE HELDER

  Observando a série histórica de aprovação e desaprovação de Helder Barbalho, verifica-se uma estabilidade no índice de aprovação do governador em Belém. Em janeiro 83,6% aprovavam seu governo; em fevereiro recuou para 81,9%. Nesta última pesquisa, abril, chegou a 82,3%.


SÉRIE HISTÓRICA DA APROVAÇÃO E DESAPROVAÇÃO DE LULA

Já o governo do presidente Lula vem tendo queda na aprovação em Belém. Em janeiro, o presidente Lula era aprovado por 57,9%; em fevereiro sua aprovação chegou a 48,4%; agora em abril Lula dá uma pequena recuperada na aprovação, chegando a 56,0%.


FICHA TÉCNICA DA PESQUISA

Nível de Confiança: O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Registro Eleitoral: registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob o PA-04796/2024

Estatístico responsável: Jadson Fernandes Chaves – CONRE 8010

 

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa: Contexto eleitoral em Belém-Pa

Margem de erro: A margem de erro estimada é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Amostra: 1.000 entrevistas

Período da pesquisa: 08 a 11 de Abril de 2024.

Tema: Administração Pública/Eleições/Opinião

4.322 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page