top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

NA SEGUNDA PESQUISA DOXA EM ALENQUER PREFEITO TOM SE MANTEM CONSOLIDADO NA PREFERÊNCIA DO ELEITOR

O instituto DOXA realizou sua segunda fotografia eleitoral na cidade de ALENQUER, município da região da Calha Norte, oeste paraense, que segundo o Censo 2022, o município tem 69.377 habitantes. O objetivo foi ouvir a opinião dos eleitores sobre o cenário político municipal. Foram entrevistados 400 eleitores no final de julho e início de agosto, tanto na zona urbana quanto na rural. Nesse município o atual prefeito, TOM, vai defender seu mandato, tentando sua reeleição. Além das questões eleitorais, Doxa também avaliou o desempenho do prefeito, do governador e do presidente da República.


AVALIAÇÃO CONCEITUAL COMPARATIVA DO GOVERNO TOM

Doxa mostra a evolução das duas pesquisas (março e agosto). O resultado comparativo indica um aumento da avaliação positiva que passa de 29,7% para 40,9% (somatória de Bom e Excelente). Já a avaliação negativa cai de 26,2% para 22,1% (somatória de Péssimo e Ruim). Na avaliação regular também houve uma queda, passando de 41,6% para 36,9%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO TOM

Quando se trata da Aprovação ou Desaprovação da maneira como o prefeito TOM vem administrando o município, os números comparativos entre as duas pesquisas mostram um aumento de 17,2% na Aprovação do governo de Tom, passando de 52,4% em março para 69,2% em agosto; enquanto a desaprovação cai de 38,9% para 30,4%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DOS GOVERNOS HELDER E LULA

Doxa também avaliou a aprovação ou desaprovação dos governos Helder e Lula. 89,0% dos eleitores de ALENQUER aprovam o governo de Helder; enquanto 11,0% desaprovam. Já o governo de Lula está sendo aprovado por 71,0% dos eleitores de ALENQUER. Já a desaprovação é de 29,0%.

HELDER

LULA

APROVA

89,0

71,0

DESAPROVA

11,0

29,0

ELEITORAL:


NA QUESTÃO ESPONTÂNEA TOM FICA NA FRENTE

Na questão espontânea, em que não se apresentam os nomes dos pré-candidatos, os números da pesquisa mostram, ainda, um quadro eleitoral muito aberto. Os votos flutuantes (somatória de brancos, nulos e indecisos), apesar de terem diminuído, ainda aparecem com índice alto. Na primeira pesquisa esses índices alcançavam a soma de 84,6%. Agora há uma queda de 11,6 pontos percentuais, ficando com 69,4% de votos flutuantes. Quanto aos nomes citados, há um aumento significativo em citação do nome do atual prefeito, Tom Silva. Ele sai de 6,3% na pesquisa de março e passa para 24,1% na atual pesquisa; depois aparecem com baixos índices, Josino Filho, Mauro Bastos, Dr. Farias, Dr. Osvaldo, João Piloto e Sarraf.


NA ESTIMULADA TOM SE DISTANCIA 22,7 PONTOS DO SEGUNDO COLOCADO

Comparando as duas pesquisas, o atual prefeito, Tom Silva, que vai para reeleição, cresceu 7,4 pontos. Em março, Tom tinha 26,1% de intenção de voto; agora subiu para 33,5%. Mauro Bastos que se apresenta em segundo lugar, em março recebeu 8,4% dos votos; em agosto subiu para 10,8%. Dr. Osvaldo tinha na primeira pesquisa 8,9%; agora caiu para 7,8%; Josino Filho também sofreu uma pequena queda, saindo de 6,1% para 5,3%. Sarraf subiu de 3,3% para 9,8%. Lucelino passou de 2,5% na primeira pesquisa para 5,5%. Já Neto Macedo subiu de 2,0% para 3,8%. Os votos flutuantes ainda somam 22,5%. Na pesquisa de março, testamos os nomes de Dr. Farias e João Piloto. Nessa fotografia eleitoral as duas lideranças não foram “fotografadas” uma vez que estão inelegíveis. Por outro lado, nesta pesquisa testamos o nome do vereador de Santarém, Erlon Rocha, que obteve apenas 1,0%.


EM QUEM NÃO VOTARIA PARA PREFEITO DE ALENQUER

Quando se trata de rejeição, o atual prefeito aparece com uma rejeição de 8,3%. O segundo nome mais rejeitado é de Josino Filho e Mauro Bastos, ambos tem 4,8% de rejeição; Neto Macedo aparece com 4,3%. Lucelino vem com 3,5% de rejeição. Sarraf e Dr. Osvaldo tem 1% de rejeição, cada. Erlon Rocha tem 0,3% de rejeição.


ANÁLISE:

Nesta segunda fotografia do cenário eleitoral na cidade de Alenquer, já podemos notar mudanças no desempenho dos possíveis competidores. Essa mudança é vista com mais evidência na performance do governo do atual prefeito, Tom Silva, e seu comportamento na questão eleitoral. O governo de Tom teve significativo aumento de avaliação positiva de março até agosto, isto teve como consequência direta sua intenção de voto que, também, subiu, mostrando que o eleitor de Alenquer está querendo a continuidade da forma como o município vem sendo administrado. Por outro lado, vale ressaltar que na pesquisa de março, testamos os nomes de dois ex-prefeitos, João Piloto e Dr. Farias, lideranças tradicionais do município. Identificamos que na pesquisa de março, eles somaram em torno de 20% de intenção de voto. Agora, percebe-se que grande parte desses votos tiveram migração para o atual prefeito; enquanto outra parte migrou para a indecisão. Nesse processo eleitoral, Tom, aos poucos, vai se consolidando e se firmando na cabeça do eleitor como a alternativa segura para não perder seu voto. Temos, ainda, 14 meses pela frente, antes das eleições de outubro de 2024.


DORNÉLIO SILVA – Cientista Político da Doxa

656 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page