top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

ÚLTIMA PESQUISA DOXA EM BELÉM 2023:SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE, 4 NOMES ESTARIAM NA DISPUTA DIRETA

Doxa fecha o ano de 2023 com sua nona pesquisa da corrida eleitoral 2024. A pesquisa vai mostrar o comportamento da gestão de Edmilson Rodrigues no ano de 2023 diante da opinião do eleitor belenense. No campo eleitoral, a pesquisa vai mostrar a performance dos pré-candidatos que mais se destacaram nesse processo, identificando quais os nomes que mais lideraram as pesquisas em todo o ano de 2023. Vai também fazer um cenário chamado de Top 4, isto é, com os quatro pré-candidatos que passaram os dois dígitos na pesquisa passada. Outra novidade: fazemos um cenário com a possibilidade de Edmilson Rodrigues não sair candidato. Também nessa rodada de pesquisa testamos o segundo turno entre os principais competidores.

A pesquisa foi realizada no período de 12 a 16 de dezembro de 2023 em todos os Distritos Administrativos de Belém com uma amostra de 2.000 entrevistas.


EDMILSON PERMANECE EM ALTA DESAPROVAÇÃO

Doxa perguntou “qual a avaliação que você faz do governo do prefeito Edmilson Rodrigues?”. O resultado mostra uma avaliação positiva de 9,0% (somatória de Bom e Excelente). Já a avaliação negativa chega a 73,1% (somatória de Péssimo e Ruim). A avaliação regular ficou em 16,9%.



APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO EDMILSON

Quando se trata de saber se o eleitor aprova ou desaprova a forma de Edmilson governar, Doxa mostra a série histórica das nove pesquisas. Em janeiro o governo de Edmilson tinha uma aprovação de 19%; já em março essa aprovação foi para 27%; em maio caiu para 23%, em junho manteve-se no patamar de maio; em agosto cai para 22,1%; em setembro cai para 16,0%. Na sétima pesquisa a aprovação permanece com o mesmo percentual do mês de setembro. Na oitava pesquisa há uma subida na aprovação de 2 pontos percentuais, chegando a 18,0%. Agora, na nona pesquisa, há uma queda de 1 ponto percentual, chegando a 17,0%.



Quanto à desaprovação, em janeiro na primeira pesquisa, 77% dos belenenses desaprovavam o governo de Edmilson; em março caiu para 69%. Já em maio subiu para 72%. Na quarta pesquisa, a sua desaprovação foi para 70%. Em agosto foi para 73,0%. Em setembro, subiu para 79,8%. Na sétima pesquisa a desaprovação manteve-se no patamar do mês de setembro, com uma leve queda de oito décimos. Na oitava pesquisa, a queda foi de 4 décimos, estacionando em 78,6%. Agora, na nona pesquisa, há uma subida de 1,4%.



APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DOS GOVERNOS HELDER E LULA

Doxa também avaliou a aprovação ou desaprovação dos governos Helder e Lula. Agora vamos publicar a série histórica das oito pesquisas.


APROVAÇÃO DE HELDER

 Na série histórica, em janeiro Helder estava com uma aprovação de 50,2%. Já em março sua aprovação sobe para 85,2%. Na terceira pesquisa, há uma queda, chegando a 80,6%. Na pesquisa de junho, a aprovação de Helder cai 4 décimos. Em agosto, vai para 83,9%, chegando em setembro com 84,4%. Na pesquisa de outubro, a aprovação vai para 85,0%, chegando em novembro com uma queda de 1,2 pontos percentuais, estacionando em 83,8%. Agora em dezembro a aprovação sobe para 84,0%.



DESAPROVAÇÃO DE HELDER

Quanto a série histórica da desaprovação do governador Helder Barbalho, em Belém, o gráfico mostra oscilações de uma pesquisa para a outra. O maior índice foi na pesquisa de agosto que chegou a 16,0%. Quanto ao menor percentual de desaprovação foi detectado na pesquisa de outubro. A desaprovação nesta última pesquisa de 2023 chega a 13,0%.



APROVAÇÃO DE LULA

Em se tratando da aprovação de Lula, em Belém, Doxa mostra a série histórica, indicando o maior percentual de aprovação na pesquisa de setembro, chegando a 72,0%. Quanto ao menor índice de aprovação se deu na pesquisa de outubro que somou 58,7%. Na oitava pesquisa, como se percebe, há uma recuperação na imagem do presidente da república em Belém. Ele fecha o ano com uma aprovação em Belém de 65,0%.



DESAPROVAÇÃO DE LULA

Quando se trata de desaprovação do governo Lula em Belém, a série histórica mostra que o menor índice se deu na pesquisa de março, 21,0%. O maior percentual de desaprovação foi na pesquisa do mês de outubro, 34,5%. Em novembro há uma queda, chegando a 27,0%. Agora em dezembro, fecha em 32,0% de desaprovação do governo Lula em Belém.



ESPONTÂNEA: DOXA FECHA O ANO COM UMA ELEIÇÃO MUITO ABERTA EM BELÉM

Na questão espontânea em que não se apresentam os nomes dos pré-candidatos, Doxa detectou que há um número muito grande, ainda, de eleitores que não sabem quem são os pré-candidatos a prefeito do município. Os nomes que se destacam são de Zeca Pirão, Eder Mauro, Edmilson Rodrigues, Eguchi, Igor Normando e Thiago Araújo. Os votos flutuantes somam 78,5%.



ESTIMULADA: ZECA PIRÃO SE DISTANCIA MAIS AINDA DOS CANDIDATOS

Nas questões estimuladas, Doxa construiu três (3) cenários para melhor avaliar o desempenho de candidatos:


PRIMEIRO CENÁRIO

No primeiro cenário, trabalhamos com oito nomes que foram testados na pesquisa. O deputado estadual Zeca Pirão aparece em primeiro lugar com 20,4% das intenções de voto. Depois aparecem empatados tecnicamente Eder Mauro e Eguchi, 13,3% e 12,8%, respectivamente. O atual prefeito Edmilson Rodrigues vem com 10,1% de intenção de voto. O deputado estadual, Thiago Araújo, se destaca com 7,7%. O secretário de governo de Helder Barbalho, Igor Normando, vem com 5,9%. O senador Beto Faro ficou com 3,2% e Italo Abati aparece com 1,4%. Os votos brancos nulos e indecisos somam 25,2%.


SEGUNDO CENÁRIO – O TOP 4 SUCESSÓRIO

No Top 4, Doxa fez um cenário com apenas os quatro pré-candidatos que chegaram a ultrapassar os dois dígitos na pesquisa passada, a de novembro: Zeca Pirão ficou em primeiro lugar com 22,2%. Depois vieram Eguchi e Eder Mauro, empatados, tecnicamente, 13,9% e 13,3%, respectivamente. O atual prefeito, Edmilson Rodrigues, aparece com 10,7%, os votos brancos, nulos e indecisos somam 39,8%.


TERCEIRO CENÁRIO – SEM EDMILSON RODRIGUES

Doxa testou um cenário sem o atual prefeito Edmilson Rodrigues. Nesse cenário foi incluído o nome da secretária de cultura do Pará, Úrsula Vidal. O deputado estadual Zeca Pirão aparece em primeiro lugar com 23,4%. Depois aparecem empatados Eder Mauro e Eguchi, 13,9% e 14,0%, respectivamente. O deputado estadual Thiago Araújo vem com 7,8%. Úrsula Vidall vem com 5,1%, seguido por Igor Normando que obteve 4,9%. O senador Beto Faro ficou com 2,6%. Italo Abati conseguiu 1,3% das intenções de voto.


REJEIÇÃO: EDMILSON O MAIS REJEITADO

Quando se trata de rejeição, o atual prefeito, Edmilson Rodrigues, é o mais rejeitado, aparecendo com 53,2% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum. Eder Mauro é o segundo mais rejeitado, aparecendo com 12,8%; depois vem Zeca Pirão com 4,6%. Eguchi é rejeitado por 2,8% dos eleitores de Belém; Os demais tem rejeição abaixo de 1%. Outros 11,1% não rejeitam nenhum dos candidatos e 11,8% não opinaram.



CENÁRIOS DE SEGUNDO TURNO:

Doxa testou alguns cenários para o segundo turno. No primeiro cenário verificamos a possibilidade de passar para o segundo turno Edmilson Rodrigues e Zeca Pirão. Nesse cenário, Zeca ganharia a eleição com 37,5% contra 11,6% de Edmilson. Os votos brancos, nulos e indecisos somariam 50,9%.


EDMILSON X ZECA PIRÃO


Num segundo cenário entre Edmilson e Eguchi, o delegado da polícia federal ganharia de Edmilson. Eguchi ficaria com 23,8% e Edmilson com 12,7%. Os votos brancos, nulos e indecisos somariam 63,5%


EDMILSON X EGUCHI


No terceiro cenário entre Edmilson e Eder Mauro, o atual deputado federal ganharia de Edmilson, ficando com 26,5% das intenções de voto contra 13,5% de Edmilson. Os votos brancos, nulos e indecisos somam 60%.


EDMILSON X EDER MAURO


No cenário entre Zeca Pirão e Eguchi, o deputado estadual Zeca sairia vitorioso com 32,9%, enquanto Eguchi ficaria com 14,5%. Os votos brancos, nulos e indecisos somam 52,6%.


ZECA X EGUCHI

No cenário entre Eder Mauro e Zeca Pirão, o deputado estadual leva vantagem contra o deputado federal, Eder Mauro. Zeca somaria 32,2%, enquanto Eder Mauro apareceria com apenas 19,2%.


ZECA X EDER MAURO


2.396 visualizações2 comentários
bottom of page