top of page
  • Foto do escritorEquipe Doxa

ELEIÇÕES 2024 BELÉM: EDMILSON CONTINUA COM REJEIÇÃO ALTA DE 79,0%.ELEIÇÃO ESTÁ ABERTA EM BELÉM.

Doxa mostra sua sétima pesquisa sobre a corrida eleitoral em Belém. Nessa sétima fotografia o cenário administrativo sob a percepção do eleitor belenense continua ruim para o atual prefeito. Edmilson permanece com alta rejeição. Portanto, os sinais climáticos sobre Edmilson continuam nublados. Esse clima influi diretamente na intenção de voto de sua reeleição. Nessa fotografia percebeu-se a aparição mais presente da direita, configurada na pessoa de Eder Mauro que pela primeira vez lidera a pesquisa, seguido por Zeca Pirão. Além da avaliação de Edmilson, essa pesquisa avalia o desempenho do governador Helder Barbalho e do presidente Lula. Ao final procura identificar dentre os nomes testados na pesquisa, qual o mais rejeitado pela população belenense.

A pesquisa foi realizada no período de 18 a 23 de Outubro de 2023 em todos os Distritos Administrativos de Belém com uma amostra de 800 entrevistas.


AVALIAÇÃO CONCEITUAL GOVERNO EDMILSON

Doxa perguntou “qual a avaliação que você faz do governo do prefeito Edmilson Rodrigues?”. O resultado mostra uma avaliação positiva de 7,4% (somatória de Bom e Excelente). Já a avaliação negativa chega a 73,8% (somatória de Péssimo e Ruim). A avaliação regular ficou em 16,5%.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO EDMILSON

Quando se trata de saber se o eleitor aprova ou desaprova a forma de Edmilson governar, Doxa mostra a série histórica das sete pesquisas. Em janeiro o governo de Edmilson tinha uma aprovação de 19%; já em março essa aprovação foi para 27%; em maio caiu para 23%, em junho manteve-se no mesmo patamar de maio; em agosto cai para 22,1%; em setembro cai para 16,0%. Agora nesta sétima pesquisa a aprovação permanece como o mesmo percentual do mês de setembro.


Quanto à desaprovação, em janeiro na primeira pesquisa, 77% dos belenenses desaprovavam o governo de Edmilson; em março caiu para 69%. Já em maio subiu para 72%. Na quarta pesquisa, a sua desaprovação foi para 70%. Em agosto foi para 73,0%. Em setembro, subiu para 79,58%. Agora na sétima pesquisa a desaprovação manteve-se no mesmo patamar do mês de setembro, com uma leve queda de oito décimos.


APROVAÇÃO/DESAPROVAÇÃO DOS GOVERNOS HELDER E LULA

Doxa também avaliou a aprovação ou desaprovação dos governos Helder e Lula. 85,0% dos belenenses estão aprovando o governo de Helder; enquanto 10,1% desaprovam. Já o governo de Lula está sendo aprovado por 58,6% dos eleitores de Belém. A sua desaprovação é de 34,5%.

HELDER

LULA

APROVA

85 %

58,6%

DESAPROVA

10,1%

34,5%

NS SR

5%

6,9%


MAIORES PROBLEMAS DE BELÉM

Nesta sétima pesquisa, a “Violência/Insegurança” voltou a ser o principal problema dos belenenses, aparecendo com índice e 26,5%. O segundo maior problema é o “transporte público péssimo/ônibus/mobilidade” com percentual de 21,1%. “Todos” é citado por 13,7%; A “sujeira/falta de limpeza pública...” é citada por 9,3% e “Saúde precária” por 7,9%. Os demais problemas podem ser vistos no gráfico abaixo.


ÁREA QUE EDMILSON ESTÁ TENDO A MELHOR ATUAÇÃO

Doxa perguntou qual a área que o prefeito Edmilson Rodrigues está tendo a Melhor atuação de seu governo. Como pode ser visto no gráfico abaixo, 80,6% responderam “Nenhuma área”. O que sobressai com índice de 3,9% é limpeza; “asfalto/pavimentação” aparece com apenas 1,6% de citação; “iluminação pública”, 1,6% e “saúde pública”, 1,3%.


ÁREA QUE EDMILSON ESTÁ TENDO A PIOR ATUAÇÃO

Assim como perguntamos a Melhor área, Doxa quis saber da Pior área. O resultado mostra que 70,7% responderam “Todas as áreas”. Ainda destacam “Limpeza da Cidade”, 7,0% e “Saúde Pública”, 6,1%.


ESPONTÂNEA: JOGO ABERTO NA MENTE DO ELEITOR BELENENSE

A pesquisa avaliou vários nomes de políticos que ensaiam serem candidatos a prefeito de Belém. Nessa rodada, Doxa testou sete atores políticos que se movimentam rumo às eleições de 2024. Na questão espontânea, a pesquisa mostra que é muito grande, ainda, número de eleitores flutuantes, isto é, que não sabem em quem votar ou que pretendem anular o voto. Esses eleitores flutuantes chegam a somar 59,8%. Os nomes que se destacam são: Eder Mauro, 8,5%; Eguchi, 8,5%; Zeca Pirão, 7,3%; Edmilson Rodrigues, 5,7%; Thiago Araújo. 4,2; Beto Faro, 3,1%; Igor Normando, 2,0% e Bob Fllay, 0,3%.


ESTIMULADA: EDER MAURO É O PRIMEIRO COLOCADO NA ESTIMULADA

Quando se estimula os possíveis nomes a prefeito de Belém, ainda tem 33,9% de votos flutuantes. Em primeiro lugar vem o deputado federal Eder Mauro com 15,2%; em segundo lugar vem o deputado estadual Zeca Pirão com 14,3% das intenções de voto; o delegado Eguchi aparece com 12,3%. O atual prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues vem com 10,1%. O deputado estadual Thiago Araújo ficou com 6,2%. Igor Normando e o deputado federal Beto Faro apareceram empatados com percentuais de 4,0% cada.


EM QUEM NÃO VOTARIA PARA PREFEITO DE BELÉM

Quando se trata de rejeição, o atual prefeito, Edmilson Rodrigues, é o mais rejeitado, aparecendo com 63,1% de rejeição. Na pesquisa anterior ele acumulava 62,4% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum. Eder Mauro é o segundo mais rejeitado, aparecendo com 13,7%; depois vem Zeca Pirão com 4,1%. Eguchi é rejeitado por 3,1% dos eleitores de Belém; Thiago aparece com 0,7%; Beto Faro tem o mesmo índice de rejeição de Thiago; Igor Normando tem apenas 0,4%.




1.682 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page